O que é Zumbido?

 

O zumbido pode ser definido como toda percepção de som na ausência de um estímulo sonoro correspondente no ambiente a sua volta. Faz parte do grupo das percepções fantasmas e refere-se ao estado de consciência da percepção de um sintoma na ausência de estímulo correspondente. Trata-se de um sintoma, e não de uma doença, e numa mesma pessoa pode ter várias causas. Muitas doenças podem causar o zumbido e mais de uma causa pode estar presente no mesmo indivíduo. Trata-se de uma condição de saúde bastante frequente.

Estudos epidemiológicos indicam que a prevalência de zumbido varia de 10 a 15% na população geral. A prevalência no Brasil ainda é desconhecida, porém estima-se que 28 milhões de brasileiros já tenham tido alguma forma de zumbido. Apesar da elevada prevalência, sabe-se que apenas uma pequena parte dos indivíduos acometidos, cerca de 5%, se incomoda com o zumbido. Para estes casos há prejuízos diretos na qualidade de vida (sono, concentração, humor, emoções, audição).

A boa notícia é que hoje em dia, pelo crescente interesse no assunto e pelo aumento substancial de estudos, conhecimentos e publicações sobre o tema, pode se obter melhores resultados terapêuticos do que antigamente. São várias as opções de tratamento, e estas devem ser personalizadas caso a caso. Para alguns pacientes uma abordagem multiprofissional e mais abrangente é indispensável.

 

Disciplina de Otorrinolaringologia da FMUSP - Professor Titular Responsável - Prof. Dr. Ricardo Ferreira Bento

FORL-Fundação Otorrinolaringologia Genesis Network
 Copyright © 2007- 2017 Fundação Otorrinolaringologia