Depoimento do paciente André realizado no dia 13/11/2020

> Existem pessoas que Deus coloca em nossos caminhos para que possamos compreender que Ele tem os planos perfeitos para cada um de seus filhos.

> Em uma dada fase de minha vida, estive a beira do colapso existencial.

> Em meio à um deserto e depressivo momento de minha vida, minha esposa teve uma iniciativa e através de pesquisas, chegou até a Dra Jeanne, ao qual comandara uma equipe de pesquisa de zumbido.

> Mas não era para ela mesma, seria para seu esposo.

> Comecei a perceber sintomas da otoesclerose e zumbido em 2014.

> Em 2018, agravou – se muito e com a notícia de demissão após 18 anos na empresa, posso afirmar, chegava pensar, para eliminar o tormento enlouquecedor de um zumbido que veio junto com a Otoesclerose, só se livrando do órgão.

> Isso era o desespero da pessoa, pois o lado social já estava comprometido, os sentidos do sistema nervoso fica alterado e paralelo à tudo isto, existe o lado da auto estima. Afinal, você ao ser desligado apó 18 anos, vai precisar se reciclar e estudar muito para enfrentar o mercado de trabalho, que como qualquer outro segmento, necessita de constantes atualuzações.

> É onde entra o olhar humano dos médicos que cuidam de nós.

> Digo mais, médicos são sim enviados por Deus, é biblico.

> Minha vida começou a mudar, a partir do momento que entrei em contato com a equipe da Dra Jeane.

> Desde sua secretária até a fonoaudióloga.

> Lembro me da fala  da querida fonoaudióloga, Dra Laura, que após meu primeiro exame de audiometria fez um desenho e falou:

> André, este barco a deriva no mar representa nossas vidas, e este ser dentro da cabine, é você. Você é o responsável pela direção do barco. Entende o que quero dizer Sr Andre ?

> Meio sem voz e com os olhos cheios d’agua afirmei que sim.

> Após muitas visitas e todas, todas muito bem atendido, obtive a confirmaçâo que tratava-se sim da Otoesclerose.

> Assim fui indicado para uma cirurgia, que possibilitaria uma qualidade de vida melhor.

> Fiquei muito feliz de saber que existia uma alternativa, assim, fui considerado como  caso cirurgico.

> Porém com a ressalva, uma espera de 2 a 3 anos.

> Fui embora feliz da vida como qualquer ser, mas ainda haveria mais emoção.

> No mesmo dia me telefonam e perguntam se eu gostaria de operar em 20 a 30 dias.. Um projeto havia sido liberado, a fim de estudos e demonstrações por vídeo conferência.

> Custou para acreditar e cair a ficha.

> Tudo preparado fui para a cirurgia.

> Com uma semama de pós cirurgia, ainda com curativos, tampão e secreção, tive uma experiência que cheguei aos prantos.

> Um vídeo no celular me entrigou de um barulho estranho.

> Estranho ao meu cérebro que havia perdido referencia.

> Ou seja, ao me dar conta que eram sons de baixa frequencia que eu passei a escutar novamente, era só emoção.

> Após alguns meses, nas avaliações de audiometria, o sucesso da cirurgia era evidenciado em 100% de restabelecimento.

> Hoje, com muita gratidão carrego no coração e agradeço todos os dias pela ajuda recebida de todas essas pessoas que fazem parte diretamente e indiretamente da minha vida.

> Pois se hoje e atendo um telefonema, é por conta destas pessoas enviadas por Deus.

> Obrigado Dr Jeanne, Dra Elaine, Dra Laura e toda sua equipe de estudos e pesquisas do zumbido.

> Vocês devolveram o sabor da qualidade de vida para um pai de família.

> Deus abençoe cada um de vocês poderosamente.